Miomas, conhecem?

Quando eu era criança, ouvi minha mãe conversando com uma vizinha a respeito de uma senhora que achava que estava grávida, mas depois descobriu que não era um bebê, mas que era um mioma que estava dentro dela. Na verdade, nem sei se foi bem assim, mas é o que eu me lembro da história. Sei que achava bizarro e achava que mioma era um bicho que por algum motivo crescia dentro da barriga enganando as mulheres para acharem que estavam gravidas.

Nunca mais durante minha vida me preocupei em saber realmente o que os miomas eram até que descobri que tinha um.

Me apavorei quando saiu isso em um exame de ultrassom que fiz, e só me acalmei quando a ginecologista me explicou o que era.

De acordo com o site Tua Saúde:

Os miomas uterinos são tumores benignos formados no tecido muscular que forma o útero e, por isso, também são chamados de fibromas ou leiomiomas uterinos. Sua localização no útero pode variar, assim como o seu tamanho, que pode ser de microscópico até grandes como um melão.

Estes tumores são muito comuns e, normalmente, não provocam sintomas, mas quando aparecem, podem ser cólicas, sangramentos ou dificuldade para engravidar.

Os principais tipos de mioma do útero são divididos pela sua localização neste órgão, e podem ser:

Subseroso, quando surge na parte mais externa do útero;

Intramural, quando aparece dentro das paredes do útero;

Submucoso, quando está na parte interna, dentro da cavidade do útero.

Segue o link para quem quiser ver as imagens: https://www.tuasaude.com/o-que-e-mioma/

Então descobri que tinha um mioma do tipo Subseroso, mas ela pediu para repetir o exame por que esse mioma não explicava o porquê do problema que eu estava apresentando (estava tendo muita cólica e meu fluxo estava mais intenso que o normal).

Repeti o exame e foram achados mais dois miomas menores, um também do tipo Subseroso e um do tipo Submucoso, e era esse que me causava problemas.

No início de junho retirei o mioma Submucoso por histeroscopia cirúrgica, que não necessita de cortes, mas é realizada por vídeo.

Muita gente me pergunta, por que não tiraram todos os três?

Por que os outros dois são do tipo que, para tirar, é necessária uma cirurgia mais invasiva, com cortes na barriga e mais agressivo para o útero, e como estão lá, mas não estão causando problema nenhum é besteira mexer neles.

A recuperação foi rápida, e nem senti dor nenhuma (somente da anestesia de ráqui já que sofro com uma hérnia de disco bem próxima de onde a anestesia foi aplicada), nem precisei tomar os remédios para dor e cólicas que me foram prescritos.

Tenho retorno com o médico que realizou o procedimento no início de agosto para ver a resposta da biópsia (sempre fazem biópsia nesse tipo de situação) e para que ele me indique o medicamento que vou tomar para dar início aos preparativos para a gravidez.

Comentem aqui em baixo: Sabia o que eram os miomas? Você tem algum? De que tipo é? Te causa problemas?

4 Replies to “Miomas, conhecem?”

  1. Muito legal, que bom que está tudo bem!!!
    Obs: Não vejo a hora de “ser tia”. Rs

  2. Eu sabia alguma coisa sobre miomas mas ñ tão detalhados gostei da aulinha.Que bom que vc ta bem.Mas como eu ja lhe disse vc ta longe de ser chique além de hérnia agora mioma também é ñ vai se chique mesmo.Parabéns pelo blog.

  3. Eu tive miomas dispersos, folículos espalhados pelo útero…68 no total, juntos seriam formariam um limao médio…é assustador… provocavam cólicas, dores nas pernas e aumento de fluxo, ja cheguei a cortar uma fralda descartável e usei como absorvente…era muito sangue.Fora os comentários e as historias que passei a ouvir de pois do diagnóstico, uma amiga da minha mae, que morava no interior, contou que chegou a fazer enxoval por causa dos sintomas e do aumento da sua barriga achou que era um bebe depois com os exames, que demoravam para serem feitos, descobriu que eram miomas…

  4. Utilidade pública. Obrigada por compartilhar.

Deixe uma resposta